ifsc


ENEM 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio)



ACOMPANHE O CRONOGRAMA DO ENEM 
Saiba mais >

Acesse o site do Enem »VÍDEO 2: LIBRAS »VÍDEO 1: LIBRAS »

Ter que ficar em casa, em um primeiro momento, pode parecer super legal. Com o passar dos dias, aí é que a coisa pode pegar. Por isso, é muito importante que, neste período de distanciamento social, a gente cuide ainda mais do nosso corpo e da nossa mente. E isso vai além dos cuidados com a higiene pessoal, a alimentação saudável e o trato coletivo. 

Nosso professor de Educação Física do Câmpus Itajaí, Paulo Fonseca, alerta que o confinamento é um fator de estresse que leva ao aumento de tempo sentado, tempo de tela (TV, computador, celular) e consumo de alimentos (fome psicológica).

Sabemos que vocês estão em casa e seguem estudando. Ficamos felizes de acompanhar nossos alunos pela hashtag #IFSCemcasa. <3 


Continuem com suas atividades acadêmicas, mas lembrem-se de que é importante também manter o corpo ativo - se você fazia ou não atividade física antes. Neste momento, a atividade física é essencial no combate a ansiedade e a doenças associadas ao comportamento sedentário.

Pedimos a ajuda da responsável pela Coordenadoria de Educação Física e Desportos do Câmpus Florianópolis, a professora Andresa Soares, e veja que bacana o que ela destacou:

"Olhar para nosso corpo significa também oferecer estímulos para que ele possa se sentir vivo e em movimento, não somente por questões de saúde e doença, mas para que possamos lidar melhor com as situações que já estão se tornando estressantes e intensificadas diante do quadro que se apresenta”.

As práticas corporais ou atividades físicas são comprovadamente benéficas para sua saúde de forma integral. Por isso, os professores de Educação Física do Câmpus Florianópolis separaram algumas dicas para que você comece ou continue em movimento e possa fazer destas práticas boas aliadas contra as consequências do coronavírus.

Sem desanimar, hein?

Vamos às dicas que já foram publicadas no site do Câmpus Florianópolis:

Dica 1: Existem vários vídeos e tutoriais no Youtube que apresentam programas e dicas interessantes, de profissionais de Educação Física, que você pode se inspirar. Porém, antes de tudo: ouça seu corpo! Inicie de forma lenta e gradual as práticas escolhidas, monitorando sua frequência cardíaca e atentando aos sinais que seu corpo lhe dá. Respeite seus limites. Não adianta escolher treinos mirabolantes, prefira os mais simples, ou seja, aqueles que seu corpo é capaz de realizar. Eles são tão eficazes quanto os “diferentões”.

Dica 2: Você não precisa necessariamente ter anilhas, barras ou outros materiais específicos que são encontrados na academia. Use sacos de arroz, garrafas pet cheias de areia ou água, elásticos que você compra em casa de armarinhos, bolinhas de meia etc. Ainda assim, existem os treinos que você não precisa nada disso, já que nestes utilizamos somente a própria força do corpo.

Dica 3: Ofereça ao seu corpo estímulos diferentes, para que você possa sentir-se desafiado e motivado. Experimente aulas de ginástica, dança, yoga, alongamento, relaxamento, entre outras possíveis de serem realizadas em casa ou em espaço aberto, sem aglomerações. Evite atividades de alto impacto e com muitos saltos.

Dica 4: Para os que já se possuem um bom nível de condicionamento físico, há várias dicas também. Entre elas, aumentar a intensidade dos exercícios na última série até a falha ou próximo dela, nas duas últimas séries.

Dica 5: Há vários exercícios que podem ser realizados em duplas. Chame quem estiver em casa para fazer parceria na prática corporal escolhida, além de ser mais estimulante, pode garantir uma boa diversão e risadas em tempo de crise.

Dica 6: Beba muito líquido, hidrate-se e faça uma alimentação saudável. É comum com a ansiedade, a mudança de rotina e o tempo ocioso que nosso corpo peça por alimentos que nos ofereçam mais prazer como forma de compensação. Tente fugir deles! Cole lembretes na geladeira, oferecendo a você mesmo estímulos para continuar com hábitos saudáveis.

Dica 7: Use roupas e calçado adequado, de preferência tênis. Contudo, algumas práticas corporais, como por exemplo, a yoga e os exercícios de alongamento não exigem o uso de tênis. Então, jogue o calçado de lado e sinta os pés descalços, especialmente se você tiver uma graminha por perto. Arrede o sofá da sala ou qualquer objeto que possa impedir sua movimentação e provocar acidentes. Procure realizar as práticas corporais em ambiente ventilado e fresco, evitando o superaquecimento corporal e a propagação de outros vírus e doenças.

Dica 8: Anote sua rotina de exercícios e mantenha um controle semanal do que foi realizado, para que você possa avaliar seu comportamento corporal e partir para novas experiências. Arrisquem-se! Olhem-se no espelho e divirta-se! Coloquem uma música que combine com as sequências e/ou que vocês curtem e arrasem!

 



O professor de Educação Física do Câmpus Itajaí, Paulo Fonseca, também nos passou umas dicas:

Dica 9: Práticas simples - e que podem aumentar o gasto energético corporal, resultando em benefícios ao organismo - são as atividades da casa como varrer, lavar louça, passar roupa e jardinagem. 

Dica 10: Quem deseja iniciar ou manter uma rotina de exercício físico, o Colégio Americano de Medicina Esportiva (2020) recomenda de 30 a 50 minutos diários de práticas aeróbicas (como dança ou pular corda) com intensidade moderada e práticas de força ( como abdominais, flexão de braço e agachamento) duas vezes na semana. 

Alguns professores nossos gravaram vídeos com orientações de exercícios.

Vejam estes exercícios da professora Juliana Guimarães do Câmpus Itajaí:

 


O professor de Educação Fìsica do Câmpus Gaspar, Raphael Silvano, também gravou uns exercícios para orientar nossos alunos:

 



Só mais um lembrete: há vários links e vídeos interessantes de profissionais sérios e comprometidos na internet. Muitos aplicativos também podem ser baixados com esse objetivo. Algumas academias estão passando seus treinos de forma on-line também.

Não saiam fazendo o exercício sem se certificar da seriedade de quem está passando e respeitando os limites do seu corpo. Se tiverem dúvidas, entrem em contato com os professores de Educação Física do seu câmpus. Se seu câmpus não possui um, procurem um(a) profissional de sua confiança.

No mais, continuem em casa e compartilhem com a gente a rotina de vocês usando a hashtag #IFSCemcasa e nos marcando nas mídias sociais.

E se vocês gostaram deste post, deixem um comentário e compartilhem!

Assinem o blog

Se vocês quiserem receber nossos posts por e-mail sempre que publicarmos, deixem seu e-mail no nosso cadastro.

IF-SC Horário de funcionamento do Câmpus: das 8h às 22h30min
 

portal do IFSC portal do aluno portal de periódicos blog da reitora estude no IFSC

2013©Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC - Câmpus Palhoça Bilíngue  |  | INTRANET

 

Rua João Bernadino da Rosa, s/n - Pedra Branca - Palhoça - SC - CEP 88137-010
CNPJ: 11.402.887/0015-66 | Fone: (48) 3341-9700 | E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

Dúvidas sobre cursos envie e-mail para: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Desenvolvido em Joomla!